SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO
SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

segunda-feira, 13 de junho de 2011

IDAS E VINDAS DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ÓBIDOS..

Tem sido notório o descaso do Executivo municipal de Óbidos quanto ao tratamento direcionado aos SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICIPIO, uma vez que há quase 15 anos não se tem tido o reajuste salarial, mas, a inflação tem levado consigo o pouco dinheiro e o bem estar da população local.
Ora, parece ser política inequívoca do gestor massacrar a população de trabalhadores, com o intuito de mantê-los sob dependência econômica e até com intuito de poder manipular as massas que vivem há longas datas submissas a não terem consideradas a realidade da população que vive em péssimas condições, a mercê da sorte e pior de tudo levada a aceitar de forma passiva a opressão salarial que há muito tempo tem sido imposta e reafirmada nos últimos 6 anos, pelo atual prefeito.
E não se está querendo absurdo, o servidor tem inúmeras vezes tentado sentar a mesa de negociação para discutir os rumos da legislação específica ao servidor no caso o PCCR, como a inclusão do mesmo na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para o exercício 2012 através do Sindicato dos Trabalhadores e o gestor nem dá respostas aos documentos, evidenciando total desrespeito às instituições.
Mas, ainda assim, o SINDICATO INSISTE, busca manter o diálogo com o Poder Público local, como que entende que antes de tomar qualquer medida drástica, faz-se necessário o DIÁLOGO, por que é assim que deve ser uma DEMOCRACIA, com o debate, com o diálogo, com o sentar à mesa de negociações, com o respeito às instituições. Mas o entendimento desse assunto cabe somente à Diretoria do STPMO, por que para o prefeito o que vale é ser turrão, o “dono do poder”, aquele quem “manda”, e que não tem nenhum interesse de ver o povo trabalhador de Óbidos feliz, com reajuste salarial.
Uma visão que consideramos equivocada, de ditadores, de falta de visão política e social, por que se cada um de nós depende diretamente de tudo que a sociedade produz, como poderemos ficar contra a sociedade produtiva? Como poderemos ficar contra os trabalhadores e trabalhadoras que fizeram e fazem a história deste município?
Nós, os trabalhadores de verdade não queremos muito. Só queremos os nossos direitos, que estão sendo negados, queremos a Inclusão do PCCR na LDO, queremos aprovação do PCCR, queremos reajuste salarial as perdas de 15 anos, queremos dignidade no ambiente de trabalho, queremos o cumprimento da Lei do Piso, queremos transparência das contas públicas e queremos ainda, eleição para diretores de escolas....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são de responsabilidades exclusiva dos seus autores, porém somente serão publicados aqueles que respeitam as regras abaixo.

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção Open ID;

OBS: comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.