SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO
SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Diretoria do STPMO luta para garantir os direitos do Servidor Público Municipal há quase 3 anos.



 Situado à Travessa Paulo Matos, Nº 203, no bairro de Santa Terezinha, o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Óbidos, mudou a forma de se fazer movimento sindical no município uma vez que desde que assumimos a Diretoria temos trabalhado no sentido de desenvolver políticas de cunho coletivo que favoreçam ao funcionalismo público, implementamos uma luta árdua para que os direitos fundamentais do servidor fossem assegurados desde a gestão do Ex-Prefeito municipal Jaime Silva, este que sempre teve uma política clara de arrocho salarial, desrespeito ao funcionalismo incluindo o nivelamento salarial com base na formação escolar, pois diante daquele governo o servidor com escolaridade de ensino fundamental, médio e superior passaram a receber salário mínimo no início da carreira, o que prova o desrespeito e desvalorização àqueles que sonharam em estudar para ter situação financeira e vida melhor. Inclusive essa visão de gestão foi tão nociva que ouve-se alunos dizerem hoje: “para que estudar se recebo o mesmo salário de quem possui nível superior”. Triste não é?
Além disso, a falta de reposição das perdas salariais de anos de inflação, a falta de aumento de salário de anos de atraso, às pressões dentro do serviço público, a falta de transparência na sua gestão e principalmente a descarada articulação para não aprovar o PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração) que foi discutido e criado com representantes de cada categoria de Servidores Públicos Municipais, Assessoria Jurídica e os membros da Diretoria do Sindicato nos mostram que a batalha foi dura ao longo de quase 3 anos de nossa gestão, principalmente por que o servidor público sentindo-se receoso de represálias muitas vezes não deu apoio ao seu sindicato e isso foi sentido na luta ou na falta de luta.
Mas o tempo passou hoje a diretoria do STPMO, está em nova etapa de negociação, pois com a mudança de prefeito estamos negociando uma série de projetos para a construção de leis que assegurem os direitos e os salários do funcionalismo público.
Hoje temos criação da mesa permanente de negociação que visa discutir assuntos de interesse geral para o município, bem como estamos fechando a criação do grupo de trabalho que irá rediscutir nossa proposta de PCCR e que deve contar com representantes do Governo, do Funcionalismo, Assessoria Jurídica e do Sindicato para que possamos atualizar nossa proposta e para que nossos direitos possam estar resguardados, o que poderá corrigir décadas de equívocos, reposições salariais e direitos. Assim, nossa perspectiva é que este ano tenhamos a aprovação do novo PCCR o que será uma de nossas maiores conquistas, para isso contamos com a participação do funcionário público, pois são eles que sentem na pele e sabem quais são as maiores e reais necessidades de sua categoria.

A DIRETORIA


Venha conversar conosco, Sindicalize-se!!!



VAMOS FAZER VALER NOSSOS DIREITOS E NÃO DEIXEMOS AQUELES EQUIVOCOS DE OUTRO TEMPO RECAIREM SOBRE NÓS.



Um comentário:

  1. I reаd thiѕ artіcle fully on thе tοpic of thе rеsemblаnсe of
    neweѕt and pгеvious technologies, іt's remarkable article.

    Here is my weblog - simply click the up coming document

    ResponderExcluir

Leia as regras:
Todos os comentários são de responsabilidades exclusiva dos seus autores, porém somente serão publicados aqueles que respeitam as regras abaixo.

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção Open ID;

OBS: comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.