SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO
SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

STPMO LUTA PELOS SALÁRIOS DO FUNCIONÁRIO PÚBLICO


Reunidos em Assembëia Geral, na sede do STPMO, a partir das 16 horas no Último dia 08 de dezembro de 2012. Os Trabalhadores Públicos municipais discutiram a situção do pagamento de salários atrasados refernte aos meses de novembro, dezembro e no que diz respeito ao décimo terceiro, uma vez que no último dia 05 de dezembro, em reunião com a diretoria do sindicato o Prefeito atual Jaime Silva e a Promotora de Justiça Lilian Braga, o Gestor informou a todos que “se até 31 de dezembro houver recursos para executar os pagamentos ele ira pagar, caso contrário, que ele poderá responder por isso posteriormente”. A Promotoria afirmou na Audiência Pública da Saúde no dia 04 de dezembro que a “retenção dos recursos se dá pela Receita Federal e que por isso cabe ação junto ao Ministério Público Federal, e que não competia ao Ministério Público Estadual uma ação nesse tocante”.
Ora, a Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Municipais REPUDIA as duas falas, uma vez que no caso do Prefeito A responsabilidade de o município não contar com recursos suficientes para a quitação dos pagamentos do funcionalismo é dele mesmo, ele é o reponsável dos gastos, da má gestão de sua própria incompetência.
Em se tratando do Ministério Público Estadual, vale lembrar que ao não ser executado o pagamento do funcionalismo, o Prefeito está negando o direito das famílias dos trabalhadores de contarem com os salários, com recursos para alimentar seus filhos e parentes, comprar remédios e até mesmo fazer o que bem quiserem com seus recursos, vejam bem, o trabalhador cumpre com suas obrigações e por isso tem direito constitucional de receber o pagamentos pelo serviço executado.
Diante dessa questão o Funcionalismo Público fará a partir desta segunda feira 10 de dezembro de 2012 o “corpo mole”, estará em “estado de greve” e estaremos organizando um “Ato Público”de paralização e passeata que se realizará na próxima quinta feira dia 13 de dezembro, para que o direito do tranbalhador seja respeitado.
Por isso, convocamos todos os funcionários públicos a irem até a Sede do Sindicato para que juntos possamos montar as estratégias, os cartazes, panfletos..

SERVIDOR PÚBLICO, AGORA É LUTA

LUTA DE TODOS PARA TODOS

PARTICIPEM!!!!

TODOS AO ATO

3 comentários:

  1. ë isso mesmo, é bom ver as pessoas lutando pelos seus direitos em Óbidos. E tem gente que se cala por isso que a situação está assim...

    ResponderExcluir
  2. e ainda tem gene que defente o atual goveno, não sou servidor publico, mas sou um trabalhador, e é inaceitável que quem trabalha não recebe, e a família como fica? parabens ao sindicato e todos aqueles que vestem a camisa para defender seus direitos, e aqueles que só esperam que as coisas aconteçam, cuidado, pois, estes não podem cobrar nada e são a laranja podre de uma sociedade, pois, quando as organizações, movimentos sociais, sindicatos perdem força, alguem tem que ganhar, e neste caso é o governo, e como resultado da omissão, temos o caos social, e quem são os mais prejudicatos ão os mais necessitam.

    ResponderExcluir
  3. ate onde eu sei ainda não receberam o de dezembro de 2012, tava na cara que isso iria cabar assim, bem mas o que faltou? deixaram o homem sair.um um um !!!!,contudo paabens ao sindicato, a camara poderia ter agido muito mais, sobre esse tema.

    ResponderExcluir

Leia as regras:
Todos os comentários são de responsabilidades exclusiva dos seus autores, porém somente serão publicados aqueles que respeitam as regras abaixo.

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção Open ID;

OBS: comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.