SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO
SINDICATO E SERVIDORES MUNICIPAIS PARALIZAM E FAZEM ATO EM 1º DE DEZEMBRO

domingo, 25 de novembro de 2012

MÁ ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E QUEM “PAGA O PATO É O SERVIDOR”

 
Nestes últimos dias do ano de 2012, mais precisamente no final do mês de novembro os servidores públicos muicipais sofrem mais uma vez o desrespeito do administrador público municipal de Óbidos.
É final de mandato, pelo visto é final dos recursos também pois o servidor público é quem “paga o pato” já que mais uma vez está sendo obrigado a trabalhar os 30 dias do mês e fica mais quase 30 dias sem receber o salário devido, isto para os casos mais otimistas, porque temos conhecimento que existem servidores que estão sem receber há mais de 60 dias, alguns chegam até ao lamentável descaso de não receberem salários há mais de 90 dias. Isto em se tratando de servidores efetivos, pois os temporários tem sido tratados da pior forma possível. Alguns foram distratados via ligação telefônica.
Esse processo está em pleno desenvolvimento, é possível até quem sabe o servidor temporário um dia desses ser distratados via Facebook. Portanto, senhoras e senhores, estejam atualizados no face caso contrário podem trabalhar vários dias e serem informados que já foram demitidos há mais de 15 dias sem documento nenhum como alguns casos que tem-se evidenciado por aí.
Agora é a era digital em óbidos, esqueçam os memorandos, protarias, decretos, ofícios, etc, etc, e tal.....
Lamentável situação pois a família de muitos trabalhadores obidenses não possuem outra renda. Por conta dessa irresponsabilidade de atraso do pagamento dos salários, as crianças, filhos e filhas dos trabalhadores choram de fome por não terem o alimento à mesa. Imperdoável ainda é a situação em que as esposas grávidas de servidores públicos e mesmo as servidoras grávidas tem sofrido por não terem o salário para fazer o acompanhamento pré-natal, de exames e todos os meandros da situação especial que a mãe se encontra.
Não entraremos nem no mérito da saúde local que nem mesmo o prefeito acreditou em seu próprio sistema municipal de saúde, que pregava ser maravilhosos e suficiente, acidentou-se e vazou. É besta....
Como se pode dizer que Óbidos avançou no quesito funcionalismo público, quando temos mais de oito anos de salários defasados, quando temos salários atrasados, em que temos o desrespeito ao grau de escolaridade, pois temos servidores com o ensino fundamental, ensino médio, ensino superior e até mestres que recebem o mesmo salário mínimo ao final do ciclo de 30 dias de trabalho. Eita, esse é o cúmulo da desvalorização das pessoas que acreditam que estudar abre portas para um futuro melhor. Temos certeza que nenhum servidor público está satisfeito com essa situação, pois na contra-mão dessa política o poder público deveria no minimo estimular os servidores a aumentar os níveis de escolaridade cujo prêmio seria, gratificações aprovadas em lei, Plano de Cargos Carreiras e Remuneração, salários dignos.
Ainda assim inúmeras tem sido as desculpas do poder público ao atraso de salários dos servidores públicos, pior é que algumas delas não apresentam solidez de argumento, o que faz os trabalhadores e a população aumentar as desconfianças da veracidade dos fatos.
Há algum tempo a desculpa era que o atraso se dava por causa dos atrasos no repasse de recursos ao INSS, herança de outros prefeitos. Lembrem-se que o prefeito atual anunciou há alguns anos que renegociou os débitos e o município estava adimplente, podendo fechar convênios e outros, ali as contas estariam regularizadas.
A última declaração veiculada através da Rádio Comunitária Sant`Ana informou a toda a comunidade que o problema do atraso no pagamento dos salários do mês de outubro se deu por causa da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) pelo governo federal. Ai,ai,ai. É estranho pois essa onda de redução do IPI já se dá há vários anos, inclusive, desde a Gestão do Presidente Lula. Parece que nós estamos tão atrasados com as políticas públicas e com os argumentos, que até esqueceram que já estamos há quase dois anos do governo da Presidenta Dilma.
Acorda Funcionário Público e Povo em geral, todos sofrem as consequencias do atraso, é que estão chegando os pagamentos de novembro, dezembro e o décimo terceiro. Qual será a desculpa para os possíveis strasos.


A Diretoria do STPMO

2 comentários:

  1. Outro dia um colega meu dizia que esta cidade é amaldiçoada, malditos são esses gestores gananciosos que administram para seu enriquecimento próprio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordamos com você. Óbidos é uma terra boa e de gente muito boa, portanto não é terra amaldiçoada, mas tem muitos políticos aqui que precisam ser excluídos da admistração e àqueles que já saíram, que o povo nunca mais permita que volte. E que esses sejam arrolados em todos os processos posíveis.

      Excluir

Leia as regras:
Todos os comentários são de responsabilidades exclusiva dos seus autores, porém somente serão publicados aqueles que respeitam as regras abaixo.

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção Open ID;

OBS: comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.